As contra-indicações locais que devem ser consideradas antes da colocação de implantes

As contra-indicações locais que devem ser consideradas antes da colocação de implantes

As contra-indicações locais podem ser, basicamente, de dois tipos: ósseas e gengivais.

Não podendo considerar-se, nenhuma destas, uma contra-indicação absoluta!

No caso do osso de suporte, podemos ter uma perda de altura ou de largura, ou ambas. Em que qualquer um dos casos, recorre-se a cirurgias e a técnicas específicas, para se conseguir colmatar as perdas apresentadas.

Na situação da gengiva envolvente, o problema maior pode surgir quando exista uma inflamação da gengiva, ou, mesmo, uma periodontite, no caso de haver outros dentes na boca.

Contudo, o tipo de inflamações referidas deverão ser facilmente tratáveis, ou controladas, pelo médico-dentista, antes da colocação dos implantes dentários.

Como se começou por referir, as duas contra-indicações, ósseas e gengivais, não serão contra-indicações absolutas, uma vez que, mediante um diagnóstico prévio correcto, por parte do médico-dentista, com as técnicas e os tratamentos adequados, rapidamente permitirá a colocação dos implantes dentários, restabelecendo a sua função e a estética desejada.

Blog

Mais publicações

Marque já a sua consulta!